Benefício de cabos sem homologação ANATEL

   Diante da crise que estamos vivendo, vemos algumas pessoas procurando principalmente por cabos UTP’s “mais baratinhos”, para fazer pequenas redes ou instalações de CFTV.

     É aí que entra os cabos de redes com preços bem abaixo do mercado perto de “marcas famosas”.

     Mas será que esse preço baixo realmente compensa? Já falamos aqui no blog sobre “pagar barato”, mas não enfatizamos qualidade no outro texto. Já hoje, vamos falar sobre qualidade e não preços apesar de os motivos que levam as pessoas comprarem esses cabos são por conta do preço baixo, sem levar em conta a qualidade do conjunto em si.

     A ANATEL prevê uma série de normas para a construção de cabos UTP’s, essas normas, mais rigorosas que em outros países, visando sempre qualidade e durabilidade, mas o que acontece infelizmente não é uma construção dentro dos padrões mínimos exigidos.

     Algumas fabricantes, para baratear tanto o custo de fabricação quanto o custo para o cliente, resolveram trocar o Cobre sólido pelo Alumínio foleado a cobre (Conhecido como alumínio acobreado). Onde nada mais é que fios de alumínio com uma finíssima folha de cobre em volta. Para saber se é alumínio acobreado, basta desencapar o cabo e raspar o núcleo, se por acaso ficar prateado, ele não é 100% cobre e também não é homologado pela ANATEL.

     Além do núcleo, as fabricantes economizam também na confecção das capas, onde elas são propagantes a chamas e também soltam fumaça extremamente nociva aos seres vivos.

     Somando todas essas “qualidades”, o único “benefício” que você terá nas suas instalações, é que de ano em ano (sendo otimista), você terá que trocar todo o cabeamento.

     Em contra partida, empresas que são homologadas pela ANATEL, em exemplo Nexans, quando utilizada toda a solução, ela certificando, te dá Garantia de 25 anos.

     As empresas que tem homologação, além de utilizar 100% cobre, em suas capas utilizam materiais nobres que em caso de chamas, não soltam fumaça nociva e nem propagam chamas.

     Para algumas instalações de CFTV onde as distâncias são mínimas e o local é coberto e sem humidade, realmente não há e nem haverá problemas, porém em outros casos é certeza de dar problemas. No caso de Redes UTPs, o uso de cabos não homologados pela ANATEL, é totalmente errado, pois a má qualidade de materiais, com certeza irá causar falhas na transmissão de dados, interferências, quedas de redes, etc.

     A ANATEL regulamenta todos os tipos de cabos, seja para rede, CFTV ou Energia, por isso, ao fazer um projeto novo EXIJA cabos homologados pela ANATEL, e cuidado também para não cair naquela de que o cabo é certificado, são certificações estrangeiras que não se enquadram nos padrões de qualidades exigidos pela ANATEL.

Gostou? Compartilhe!


Você também vai gostar de: